Top

O que é auditoria Microsoft?

Com a evolução tecnológica, todas as empresas passaram a ser dependentes de algum software para realizar seus negócios. Seja um sistema operacional ou uma ferramenta específica para determinado segmento, é um fato que eles serão necessários para manter uma empresa funcionando.

 

Todas essas ferramentas são propriedade intelectual de seus desenvolvedores, algumas tem utilização gratuita, mas a grande maioria tem seu uso permitido através de um contrato de licenciamento.

 

Por depender desses sistemas para operar, muitas companhias utilizam softwares de forma irregular, colocando sua operação em risco, não só pelas multas que o uso indevido pode acarretar, mas por comprometer a segurança dos dados e máquinas do local.

 

Desde 2015 a Microsoft passou a injetar grandes investimentos em sua área de compliance. O objetivo é realizar uma campanha para fiscalizar as empresas que utilizam seus softwares por todo país. A Microsoft em parceria com a BSA (Business Software Alliance) e a ABES (Associação Brasileira de Empresas de Software), lançou um portal onde qualquer pessoa pode realizar denúncias de ilegalidade no uso dos softwares, de maneira totalmente anônima, para ser investigada pelo departamento de compliance.

 

O resultado dessa ação foram centenas de empresas fazendo inventários, buscando por notas fiscais antigas e mexendo no orçamento para adquirir todas as licenças que não foram comprovadas.

 

A auditoria da Microsoft pode ser realizada de duas formas: a primeira através de denúncias enviadas pelo portal www.denunciepirataria.org.br que são investigadas pelo time de compliance, e a segunda é feita pelo próprio time que entra em contato com os estabelecimentos para pesquisar se tem algum software Microsoft sendo utilizado nesses locais.

 

Em ambos os casos, a equipe responsável solicita o preenchimento de um formulário antipirataria chamado PUA (Posição de utilização atual) em que a empresa preenche as licenças ativas e a Microsoft solicita a comprovação dessas licenças por meio de nota fiscal.

 

O processo todo de auditoria é dividido em quatro etapas:

  • Levantamento de inventário de softwares
  • Comprovação de licenças
  • Análise de GAP
  • Licenciamento

 

Ao final de todo procedimento, caso a empresa não faça a aquisição das licenças necessárias, o caso será encaminhado para a área jurídica onde a empresa fica passível de multas e sanções penais.

 

Para saber qual o melhor modo de passar pela auditoria e proteger sua empresa de softwares que podem prejudicar todas as suas operações, baixe agora nosso e-book “Guia de sobrevivência da auditoria Microsoft”.

Sem comentários

Desculpe, não é possível comentar nesse post.

Informações por e-mail
Preencha o formulário abaixo e aguarde que nossos especialistas entrarão em contato:
Os campos marcados com um * são obrigatórios
Ligamos para você
Informe seus dados de contato, escolha uma data e um de nossos especialistas ligará para você.
Os campos marcados com um * são obrigatórios