As soluções em Openshit da Red Hat

As soluções em OpenShift da Red Hat

COMPARTILHE

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email

A Red Hat já se trata de uma marca conhecida por conta de suas soluções Open Source (Código Aberto), baseadas em sistemas de armazenamento em nuvem. Isto porque a sua utilização já está consolidada pelas mais diversas áreas de atuação, automatizando e agilizando processos que, sem essas soluções, seriam mais demorados, além de menos seguros.

Dessa forma, neste artigo vamos falar um pouco sobre as soluções oferecidas pela  Red Hat com a marca OpenShift, visto que elas adentram, de fato, no “mundo” do Open Source. Confira e entenda tudo sobre o que elas podem fazer pela sua empresa!

O que é OpenShift?

A função principal do OpenShift é a de auxiliar em processos de orquestração de containers, se baseando em Kubernetes e containers do tipo Linux para realizar este processo. Isto, sendo feito de forma independente em relação a plataforma na qual será feita a execução dos containers.

Porém, um dos principais pontos que contam a favor do OpenShift, é sua interface, que é altamente intuitiva, facilitando o trabalho de qualquer um que o esteja manuseando. E, através dela, é possível realizar o controle completo do ciclo de vida de uma aplicação que é baseada em containers, começando pelo deploy, indo até a execução efetiva do processo/ projeto.

E, ainda, com o OpenShift há uma facilidade consideravelmente maior na integração com outros importantes recursos e ferramentas, bem como SDKs com suporte para as mais diferentes linguagens, visando atender a todos os possíveis colaboradores que possam utilizá-lo.

Isto, de fato, é um dos fatores que mais evidenciam a competência da plataforma/ ferramenta OpenShift, já que ela vai muito além do gerenciamento de containers, podendo controlar por completo todo o ciclo de vida de uma aplicação, como dito anteriormente.

Como funciona o OpenShift?

Através de informações da própria Red Hat, podemos dizer que o OpenShift funciona baseando-se em “camadas”. Explicamos:

Cada uma das camadas é responsável por uma funcionalidade já pré-determinada. Dito isso, a quantidade e qualidade das funções oferecidas pela plataforma OpenShift só são possíveis por conta da sobreposição destas camadas.

Neste caminho, veja só dois dos principais produtos Red Hat que utilizam as tecnologias OpenShift!

Red Hat OpenShift

O Red Hat OpenShift é uma plataforma de aplicações em container Kubernetes para empresas com operações automatizadas em todo o stack. Sua função é gerenciar implantações de nuvem híbrida, multi-cloud e borda. 

O Red Hat OpenShift é otimizado para aprimorar a produtividade do desenvolvedor e promover a inovação. Este produto é disponibilizado como um serviço de nuvem que é totalmente gerenciado em nuvens públicas líderes ou, até mesmo, como uma oferta de software autogerenciado para organizações que precisam de mais personalização.

Red Hat OpenShift Container Storage

Faça um armazenamento para implantações de container de nuvem híbrida e multi-cloud!

O Red Hat OpenShift Container Storage é uma solução de armazenamento definido por software para containers. Projetada para ser a plataforma de serviços de dados e armazenamento do Red Hat OpenShift, o Container Storage ajuda equipes a desenvolver e implantar aplicações de maneira rápida e eficiente entre nuvens.

Conte com a AX4B!

Como foi possível perceber na leitura do artigo, as soluções Red Hat, principalmente aquelas envolvidas com o OpenShift, podem realmente transformar diversos processos dentro de seu negócio.

No entanto, indo além da qualidade dos produtos/ licenças, uma empresa de confiança deve ser escolhida no momento da implementação.

Por isso, escolha a AX4B! Nosso atendimento é 100% consultivo, fornecendo ensinamentos que só nossos mais de dez anos de experiência podem garantir.

Fale conosco para saber mais!

Vote

Visite nosso site

ENTRE EM CONTATO

Nós te Ligamos