Logo AX4B

Projetando laboratórios em escala industrial

COMPARTILHE

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email

Desde o seu início como uma start-up de duas pessoas voltada para a fabricação de DNA plasmidial até a administração atual da construção de seu campus de 5,7 hectares, a Aldevron confia no SketchUp para muitos de seus projetos de arquitetura e design industrial. Conversamos com os defensores do SketchUp, Matt Chambers, estrategista-chefe da Aldevron, e Chris Fischer, arquiteto-chefe do escritório de arquitetura BWBR, para mergulhar nos detalhes 3D e explorar como o BWBR, em conjunto com o ZerrBerg, ajudou a Aldevron a realizar seus objetivos arquitetônicos para o novo campus.

Vistas diferentes do novo campus da Aldevron usando o SketchUp e o Lumion

Matt, conte-nos um pouco sobre a Aldevron e sua função na empresa ao longo dos anos:

Aldevron é uma grande fornecedora global de DNA plasmidial, RNA e proteínas para as comunidades clínicas e de pesquisa. Está localizada em Fargo, na Dakota do Norte. Quando comecei a trabalhar na Aldevron em 2000, ela era apenas uma start-up que queria se expandir rapidamente. Nossa equipe era muito menor, então nossa abordagem era fazer tudo por conta própria. 

Nesse sentido, comecei a usar o SketchUp para ajudar nas reconfigurações de laboratório junto com o planejamento operacional e logístico. Tornei-me um estenógrafo visual. Eu conversava com os cientistas sobre os requisitos de layout do pavimento e desenhava projetos esquemáticos rápidos para atender às suas necessidades. 

“O SketchUp nos ajudou a criar rapidamente os protótipos de espaços dentro do edifício e a iterar em tempo real. Desde o início, ser capaz de medir com precisão e visualizar os espaços em 3D foi inestimável. Isso nos permitiu incluir nossos clientes internos, os cientistas, em todas as mudanças.”

Os primórdios na Aldevron: a conversão de um pequeno laboratório úmido em um ambiente de lise

Assim que a Aldevron começou a crescer, contratamos o ZerrBerg e o escritório parceiro de projeto BWBR para trabalhar conosco na expansão de nosso campus em escala industrial, em alinhamento com nosso sucesso e crescimento. Atualmente, o ZerrBerg, o BWBR e a Gehrtz Construction Services estão gerenciando a primeira fase de nossa expansão do campus de 5,7 hectares.

Chris, conte-nos um pouco sobre o BWBR e qual é o seu papel no projeto da Aldevron:

O BWBR é um escritório de arquitetura renomado que se empenha para criar espaços excepcionais, com a maior parte do nosso trabalho voltada para ambientes complexos. Nós, juntamente com os arquitetos do ZerrBerg, fomos especificamente escolhidos para este projeto porque temos uma sólida experiência em projetos para o setor de ciência e tecnologia.

Sou líder de design no BWBR e supervisionei a equipe de design neste grande projeto – um projeto que inclui um grupo de proprietários muito experiente e determinado, que tem sido excepcional em informar e orientar a equipe de design sobre os processos e objetivos da Aldevron. Nossa equipe está concentrada em alcançar os mais altos padrões de design possíveis para o cliente, ao considerar função, composição, orçamento, sustentabilidade e design resiliente.

Você pode nos contar sobre o novo campus e o projeto?

A Aldevron está nas fases iniciais da construção de um campus de 5,7 hectares em Fargo, na Dakota do Norte. Fargo é um local importante para a Aldevron, remontando às raízes dos fundadores e suas principais conexões na área. Michael Chambers, CEO fundador e diretor executivo, estudou na Universidade Estadual de North Dakota em Fargo e ainda mantém fortes conexões com a universidade e a comunidade.

A visão de Michael para a empresa e a aquisição de uma propriedade perto do campus da Microsoft em Fargo foram os principais motivadores no desenvolvimento de um layout holístico do plano-mestre. Atualmente, estamos concentrados na fase de construção da nova instalação de fabricação ao norte, adjacente ao prédio existente.

Essa nova instalação será aproveitada para atender às demandas de produção de uma empresa em rápido crescimento. Considerando o crescimento atual da empresa e suas necessidades espaciais dinâmicas, devemos maximizar a capacidade deste local para dar suporte à operação cada vez maior da Aldevron. 

O plano-mestre consiste na expansão das instalações de fabricação de produtos biológicos e na construção de um edifício administrativo e de pesquisa e desenvolvimento. 

Uma visão geral de toda a instalação proposta

A materialidade, composição e layout dos edifícios foram intencionais e estão em linha com a missão e os objetivos do projeto da Aldevron: um senso de inovação e visão de futuro foram aplicados na arquitetura, mantendo, ao mesmo tempo, a funcionalidade e eficiência de todos os pontos estratégicos do campus.

Assim, em todo o edifício, incorporamos uma sensação de limpeza e modernidade com infusões cuidadosas da marca Aldevron. Também levamos em consideração a distribuição de luz ao longo do dia, as vistas, as aberturas e a adaptabilidade.

Aproximando-se do edifício pelo noroeste, uma estrutura cantilever de 7,6 metros se projeta da edificação de dois andares e envolve uma grande área envidraçada. Um pátio central situa-se entre o existente e o novo, criando uma conexão física e visual entre as áreas de suporte e produção.

Esta área se conecta ao espaço de escritório, que envolve todo o perímetro da planta do andar, aproveitando assim a luz natural. Para incentivar a interação e a colaboração, projetamos áreas de estar espalhadas, facilmente acessíveis a partir de todos os espaços de trabalho. 

A instalação de manufatura está localizada no centro do andar térreo. Em contraste com os espaços mais públicos, a instalação de fabricação está projetada para privacidade, devido à natureza confidencial do trabalho realizado neste espaço, mas ainda é visível através de visitas organizadas.

O edifício de produção norte está conectado ao prédio existente por meio de uma passarela moderna de vidro, em harmonia com o clima local.

Os sistemas de distribuição mecânica estão plenamente exibidos no projeto, incluindo fluxo de ar, defletores acústicos e iluminação. Esses sistemas conferem um ambiente eficiente e industrial ao espaço.

Você poderia nos contar um pouco sobre os requisitos deste projeto de arquitetura industrial?

Havia muitos requisitos baseados nas necessidades específicas da empresa e do setor, mas o maior e mais importante deles era ser uma instalação de Boas Práticas de Fabricação (BPF). Com uma instalação BPF, você está lidando com a FDA (Food & Drug Administration) dos EUA e outros regulamentos e documentações governamentais essenciais para o layout do edifício.

Temos experiência em projetar instalações BPF e outros edifícios de ciência e tecnologia, mas também conseguimos alavancar o conhecimento da equipe do cliente, que vem trabalhando e desenvolvendo este ambiente único. O conhecimento profundo dos clientes sobre o seu processo nos permitiu incorporar, de forma cuidadosa, os requisitos da produção ao projeto.

Outros requisitos importantes incluíam a incorporação de mais espaços de estacionamento, a conexão com o edifício existente e a concepção e entrega de espaços flexíveis e colaborativos, com iluminação natural. 

Nós colaboramos com nossa equipe de engenharia no início do processo de design para atingir o equilíbrio certo entre revestimento de vidro e luz natural. A fachada amplamente revestida em vidro proporcionaria abundância de luz natural, mas precisávamos garantir que o ofuscamento e o superaquecimento não se tornassem um problema.

Em vez de dispositivos de sombreamento internos, que podem ser um desafio de manutenção se não forem devidamente controlados, usamos uma frita cerâmica. Uma frita cerâmica de 40% no vidro removeu o ganho de calor e o ofuscamento, mantendo a luz natural e as vistas. Além disso, as fachadas oeste foram protegidas com extrusões verticais de 1′-0” nos montantes da parede cortina.

À medida que este campus evolui, queremos que a arquitetura se integre perfeitamente de um espaço para outro, com flexibilidade de se adaptar a um crescimento rápido. Permitimos esses requisitos futuros no plano-mestre, mantendo o trabalho atual economicamente viável.

 Qual é seu fluxo normal de design?

Nosso fluxo de trabalho segue uma abordagem híbrida com o SketchUp sendo a principal ferramenta de design. Começamos importando elementos intrincados (colunas, vigas, vigotas, guarda-corpos e escadas) do Revit para o SketchUp ou apenas modelamos a estrutura diretamente no SketchUp. 

Assim que chegamos ao desenvolvimento de interiores, importamos um misto de arquivos DWG derivados do Revit e modelos do 3D Warehouse. 

“O 3D Warehouse agrega muito valor, pois nos economiza uma enorme quantidade de tempo na modelagem de coisas como móveis e iluminação do zero.” 

A partir daí, modelamos os gestos de design e especificamos materiais no SketchUp.

Olhando em direção à “entrada do campus” no novo Prédio Administrativo

Com todos os elementos essenciais feitos, começamos a personalizar o design com base nos requisitos e marca do cliente. Assim que nossa equipe finaliza as ideias de design, nós nos preparamos para apresentar nossa proposta ao cliente. Renderizamos o modelo no Lumion e exportamos as imagens em tempo real. O resultado fotorrealístico torna mais fácil para nosso cliente entender como ficará o espaço em seu estado final. 

Para você e para o projeto Aldevron em particular, quais são os benefícios de usar o SketchUp?

“Nossa equipe sempre usou o SketchUp como ferramenta principal de design, graças à flexibilidade, facilidade e velocidade proporcionadas. Experimentamos outros softwares, mas os consideramos muito complicados – principalmente para o projeto conceitual.” 

Adoramos a agilidade do SketchUp e a forma como ele nos permite transformar rapidamente nossas ideias de design arquitetônico e design industrial em modelos 3D. Foi possível projetar com eficiência e precisão em um curto período de tempo. Tínhamos menos de um mês para criar a versão externa e a animação do conceito de design esquemático do plano-mestre.

Entre em contato com nosso time técnico e saiba como a Sketchup pode te ajudar!

4.8/5 - (64 votes)

Visite nosso site

ENTRE EM CONTATO

Nós te Ligamos